Por que você deveria meditar

Por que você deveria meditar

meditacao

Você sabia que a meditação é reconhecida pela medicina como uma ferramenta poderosa para tratar doenças físicas e psíquicas? Dados históricos apontam que a meditação é tão antiga quanto a história da humanidade, e sempre foi usada em várias culturas diferentes, embora tenha origem no mundo oriental.

A palavra meditação vem do latim meditare, que significa voltar-se para o centro, ou seja, voltar a atenção para dentro de si e desligar-se do exterior. É comprovado cientificamente que o ato de meditar provoca mudanças na cognição (capacidade de aprendizado), na percepção dos sentidos (visão, audição, tato, olfato), nas emoções, nas atividades hormonais, além de contribuir para o gerenciamento do estresse e melhora da depressão.

Pesquisas revelaram que, após 20 minutos de meditação, ocorrem mudanças físicas e bioquímicas significantes, que duram muitas horas depois do término da prática. O número de batimentos cardíacos, por exemplo, diminui, a respiração fica mais lenta, o corpo consome menos oxigênio, os músculos relaxam e a pressão sanguínea cai. O metabolismo também desacelera, modificando as atividades hormonais, assim como as ondas elétricas cerebrais.

Essas mudanças no organismo causadas pela prática da meditação, segundo os especialistas, são respostas de combate ao estresse, à ansiedade, ao nervosismo e a sentimentos de conflitos. Dessa forma, quem pratica meditação regularmente tem maior controle sobre suas emoções e uma capacidade maior de lidar com os problemas do dia a dia.

Como meditar:

1- Sente-se em um local confortável, sem sapatos;
2- Inspire e expire pelo nariz, relaxe os ombros;
3- Coloque a mão direita sobre a esquerda, unindo os polegares, deixando-as repousar em seu colo nessa posição;
4- Mantenha os olhos semiabertos, fixando-os em algum ponto;
5- Procure esvaziar a mente, sem se prender a nenhum outro pensamento;
6- Permaneça assim de 15 a 30 minutos;

Pratique, pelo menos, uma vez por semana.